O que é o amor? [100 anos sem você - 2/5]

O que é o amor?

Se perguntarmos a uma criança o que é o amor, possivelmente nos responderia que é o carinho e afeto da sua mãe. Já um adolescente, nos diria que algo mais parecido a abraçar e beijar.

Pode ser que o adulto, felizmente casado, o relacione com estabilidade, o apoio ou a família. Mas esse perguntarmos a um adulto desiludido? Quem sabe, nos diria que é uma fantasia.

O amor é algo que nós falamos e ouvimos o tempo todo. Muitas vezes sem entender bem o que significa. Mas, se ele não existisse, você acha que algo na vida teria sentido?

Lendo a Bíblia, encontro versos e poesias que nos ilustra o amor como um princípio santo e sublime. Que o mesmo Deus criou um princípio romântico explicito incondicional, algo lindo e duradouro, muito diferente do amor que nasce de impulso e, tão rápido como chega, vai embora.

Com o tempo estou aprendendo que, ao contrário do que a sociedade parece aceitar, o verdadeiro amor não é uma paixão ardente e envolvente. É algo que se expressa de formas simples e profundas ao mesmo tempo.

Prudente e sereno, o verdadeiro amor faz o afeto e carinho sejam reais e que durem no tempo. Não como sentimentos, se não como sólidos princípios.

Além disso, algo que fascina sobre o amor é seu poder incalculável. Implicando em vontade, decisão e ação. E cada ação, por sua vez, o torna maior e mais forte.


Alguns o comparam com uma planta que para crescer deve ter cuidado e regada todos os dias. E, fazendo assim, segue verde com vida. O mesmo acontece com o amor, quando diariamente o alimentamos, se mantém vivo. Suas ramas não caem e suas folhas não se muxa. Torna-se imortal e eterno. Ao contrário, se nos descuidamos, acaba secando e faz com que suas folhas caiam no chão.

A verdade é que, como seres humanos, temos só um exemplo de amor puro e totalmente perfeito: o de Jesus. Por que não olhamos frequentemente para Ele para nos orientar e entender se nossos
sentimentos se baseiam no amor real? Seguindo Jesus e deixando que Ele seja nossa maior influência, nosso amor não será cada vez mais parecido com o seu?

Texto adaptação:
Série espiritual, com uma mensagem adventista, baseada no livro de Ellen G. White «Cartas a Jovens Namorados», comemorando o centenário de sua morte.

Comentários